Vinicius de Moraes, Patriotismo e Neemias

Me diga sinceramente uma coisa, Mr. Buster:
O Sr. sabe lá o que é um choro de Pixinguinha?
O Sr. sabe lá o que é ter uma jabuticabeira no quintal?
O Sr. sabe lá o que é torcer pelo Botafogo?

Mr Buster Vinícius de Moraes

flag-742573_1920
Bandeira do Brasil

A música Popular brasileira sempre possuiu prestígio internacional, especialmente a bossa nova considerada em diversos lugares do mundo como o Jazz brasileiro, sua peculiaridade harmônica faz aproximação ao jazz americano pleno em riqueza de detalhes e sonoridade. Muito desse reconhecimento passa por nomes como, Tom Jobim, Elis Regina,Gilberto Gil, Pixinguinha, Cartola e outros, e dentre tantos outros surge o nome de Vinícius de Moraes, nessa galeria de heróis da música brasileira o tratado aqui será Vinícius, compositor, poeta, brasileiro.

Conta-se que Vinícius morava nos EUA, e era reconhecido, por tanto fora convidado por um amigo (Mr Buster) a morar de vez por lá, as maravilhas econômicas, terra das oportunidades, terreno fértil, qualquer pessoa poderia ceder a tentação de fixar morada em um dos melhores lugares do mundo, não seria anti-patriotismo, não seria traição a ninguém, não era questão de virar as costas para o Brasil… Nesse contexto surge o poema Mr buster, que é uma resposta a tentativa de se americanizar Vinícius, rico em detalhes vejamos alguns trechos da tentação de Vinicius.

“Olhe aqui, Mr. Buster: está muito certo
Que o Sr. tenha um apartamento em Park Avenue e uma casa em Beverly Hills.”

Olhe aqui Mr Buster Vinícius de Moraes

Note que ele não desvaloriza a América, ele não nega suas qualidades, não fecha os olhos para o que está diante de si, em outras palavras e a grosso modo o poema diz ” Tudo isso é muito bom, é pertinente, é apetecível” , qual o problema da América então? é simples a América não era “O” Brasil, América não tem choro de Pixinguinha, América não tinha jabuticaba no quintal de casa.

Criando uma ponte de ligação,Temos um personagem Bíblico chamado Neemias sua história se aproxima da de Vinicius, Neemias estava em Susã a fortaleza e era copeiro do rei, possuía alguns privilégios obviamente, entretanto uma notícia o deixa aterrorizado, Susã era os EUA de Neemias.

As palavras de Neemias, filho de Hacalias. E sucedeu no mês de Quislev, no ano vigésimo, estando eu em Susã, a fortaleza,
Que veio Hanani, um de meus irmãos, ele e alguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que escaparam, e que restaram do cativeiro, e acerca de Jerusalém.
E disseram-me: Os restantes, que ficaram do cativeiro, lá na província estão em grande miséria e desprezo; e o muro de Jerusalém fendido e as suas portas queimadas a fogo.
Neemias cap 1 vs 1,2,3

O restante do texto afirma que Neemias foi tomado por grande tristeza, e é importante destacar que provavelmente Neemias tenha nascido no cativeiro, ou seja, nunca tinha pisado em Jerusalém, apesar de não pertencer geograficamente a Jerusalém Neemias pertencia a uma nação, estava ligado, conectado, não existe nada que possa quebrar isso.

Fica a pergunta, que é Patriotismo então?

Patriotismo é senso de pertencimento, é se sentir Parte de, patriotismo é encontrar valor em meio ao caos, é se sentir responsável por, é filiação ainda que a mãe pátria seja ingrata, é ser agente da história e parte da história, é estar distante mas ainda estar perto, Patriotismo é ter raízes, muitos mais do que reconhecer é ser.

 

Carlos Junior

Bacharel em Teologia / Cursando Licenciatura em História

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s